Cães

Cães Guia – tudo o que gostaria de saber

Os Cães Guia (Cães de Assistência) são animais treinados especialmente para auxiliar pessoas cegas e com deficiências visuais a sair de casa e a realizar deslocações em segurança. Na maior parte dos países os cães guia têm acesso livre a espaços onde habitualmente é interdito animais, como por exemplo transportes públicos, centros comerciais ou restaurantes. Em Portugal é o Decreto-Lei n.º 74/2007, de 27 de março que consagra o direito de acesso das pessoas com deficiência acompanhadas de cães de assistência a locais, transportes e estabelecimentos de acesso público.

História

As referências aos cães guia remontam ao século XVI, num registo da Idade Média que ilustra um homem cego conduzido por um cão. Os primeiros locais de treino de cães guia apareceram na Alemanha durante a Primeira Guerra Mundial para dar suporte aos veteranos de guerra que, entretanto, cegaram durante o combate. Década após década os cães guia e os seus treinadores ganharam um impulso bastante grande, uma vez que os animais treinados permitem dar uma maior segurança aos invisuais no seu dia a dia.

Raças de Cães Guia

Facilmente se percebe que nem todas as raças de cães são adequadas para cães guia. Cada raça tem características físicas e psicológicas distintas, daí que existam raças mais apropriadas do que outras. Os cães de raça Labrador Retriver (o mais comum), Golden Retriever e Pastor Alemão são os que mais se destacam na escolha para o treino de cão guia. Contudo, outras raças como Poodles, Collie, Rottweilers, Boxer podem ser adotadas para um programa de treino de cão guia. A escolha recaí normalmente pela inteligência canina comprovada, a facilidade de trabalho e a maturidade que a raça atinge rapidamente na sua vida. A obediência e a tranquilidade são a chave principal na escolha de um cão para cão guia.

Treino

O treino de cães guia é bastante complexo e longo. É importante que o cão evite distrações ao longo do trabalho que realiza diariamente com o seu dono invisual. Não pode, por exemplo, distrair-se com outros animais ou humanos, nem desobedecer a ordens emitidas pelo seu dono. Um cão guia está normalmente apto a desempenhar as suas tarefas por 10 anos. Até que se retira da sua ocupação principal e se torna animal de companhia a tempo inteiro. Em Portugal a ABAADV é a única instituição a formar cães guia para cegos.

Grande Reportagem: Cães Guia

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *