Cães

A alimentação dos cães

Uma boa escolha na alimentação do seu cão é fundamental para um desenvolvimento saudável.

A Escolha da Alimentação

A idade, o tamanho e o estilo de vida do seu cão determinam as suas necessidades nutricionais. Os sinais de que o seu cão é saudável indicam também que está a retirar os máximos benefícios de uma dieta nutricional adequada, que ajuda a um sistema imunitário robusto e à digestão fácil e a formar articulações e ossos fortes e flexíveis.

São seis os sinais visíveis da saúde do seu cão:

  1. Pêlo brilhante
  2. Dentes limpos
  3. Fezes firmes
  4. Músculos magros
  5. Atividade e energia
  6. Cão feliz

Pele e pelo saudáveis

Para que o seu cão mantenha uma pele e um pêlo saudáveis e magníficos, a sua dieta deve ser rica em nutrientes essenciais, tais como proteína, gordura, vitaminas e minerais, especialmente zinco e cobre. Proteínas como as de galinha, borrego, peixe e ovo fornecem aminoácidos que ajudam a estrutura e o funcionamento saudável da pele e do pêlo do seu cão. Além disso, estas proteínas são de digestão fácil o que contribui para o seu bem estar geral.

Articulações fortes e músculos firmes para manter a mobilidade

As articulações e músculos do seu cão são importantes para que se mantenha ágil e ativo. Por isso, a sua dieta deve incluir ingredientes especiais, tal como o ómega-3 para o ajudar a manter as articulações saudáveis, e L-carnitina, um nutriente que ajuda a queimar gordura e a manter a massa muscular magra.

Um sistema imunitário forte

O seu cão precisa de exercício físico regular para que o seu sistema imunitário reaja eficazmente contra as agressões ambientais a que é exposto no exterior. É importante que a sua dieta ajude a manter as suas defesas naturais; por isso deve incluir vitaminas e outros ingredientes especiais denominados antioxidantes para ajudar a reforçar o seu sistema imunitário, à medida que vai envelhecendo.

Dentes e gengivas saudáveis

80% dos cães podem apresentar problemas de dentes aos 3 anos. Por isso, ao escolher a dieta do seu cão, deve considerar os seus benefícios para a sua saúde oral, prevenindo a acumulação de tártaro nos seus dentes, durante e após as refeições.

A Dieta do Cachorro

Os cachorros de raças diferentes crescem a velocidades distintas. Enquanto os cachorros de raças muito pequenas se tornam adultos aos 9 meses, os de raças gigantes podem continuar a crescer durante dois anos, apesar de crescerem até dois kg por semana nos primeiros meses.

Quantas refeições por dia?

Consoante o tamanho da raça o cachorro deve comer 3 vezes por dia até completar seis meses. A partir dos seis meses as refeições diárias devem ser reduzidas para duas. Ao mesmo tempo, o cachorro deve ter sempre água fresca à sua disposição.

À medida que vai crescendo, as necessidades energéticas e de nutrientes do cachorro são superiores às de um cão adulto. Mas a capacidade de digestão do cachorro é menor, além de os seus dentes e a sua boca serem mais pequenas. Por isso, uma dieta de digestão fácil irá ajudá-lo a habituar-se mais depressa a alimentos sólidos.

Controlo do peso

A dieta do cachorro deve prevenir o excesso de peso, tanto em bebé como já adulto.

Se o seu cachorro comer demasiado, pode crescer demasiado rápido e ter problemas com o desenvolvimento do seu esqueleto, peso excessivo e excesso de células gordas. Estes aspetos aumentam os riscos de problemas de saúde e diminuem a longevidade.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *